Papel da Universidade Sénior de Gondomar na Sociedade

 

– Etelvina S. Ferreira

Hoje a Universidade Sénior de Gondomar faz 17 anos. Em nome de todos os alunos os nossos parabéns.

Nasceu uma pequenina estrela mas, na atualidade, já faz parte de uma grande galáxia que brilha nos céus do Município de Gondomar. Reveste de um brilho intenso todos os alunos, afim de transformar pessoas em seres plenos e felizes.

Mas não se fica por aqui!

Graças  a todos, alunos e colaboradores, o brilho transforma-se em luz, transcende a própria universidade e espalha-se extra muros para iluminar a comunidade gondomarense.

Desde a sua origem procurou integrar-se nos princípios que orientam e estimulam as Universidades Sénior desempenhando um papel ativo na população.

As Universidades Sénior têm como princípio fundamental promover um envelhecimento ativo, positivo e saudável, através da participação em atividades sociais, culturais, científicas, desportivas, de convívio, capacitação digital, de turismo e de lazer. Como tal a sua atividade não se esgota nas aulas, mas podem legalmente, segundo o Despacho n.º 132/2021, desenvolver atividades com a realização de eventos sociais, culturais, desportivos, de solidariedade social e de lazer.

Viver para além dos 65 anos é, hoje, uma realidade concreta. Como tal tem havido nas últimas décadas uma reflexão maior sobre o papel dos idosos e a sua integração na sociedade, bem como questões relacionadas com o seu modo e qualidade de vida. Foi necessário arranjar soluções para que este tipo de população não perdesse qualidade nos anos de vida adicionais.

Foi neste contexto de envelhecimento ativo que nasceram as Universidades Sénior.

O ambiente que se vive no seu interior é fundamental para combater o isolamento da população idosa e representa um pólo de informação e divulgação de serviços e recursos assim como de direitos e deveres desta camada populacional.

As Universidades Sénior apareceram na Europa, França, em 1973, mais precisamente na Universidade de Toulouse. Em Portugal, criou-se a primeira universidade, em Lisboa, em 1976, designada por Universidade Internacional da Terceira Idade. Surgiram para contrariar a ideia pré estabelecida e o estereótipo de que a pessoa idosa não tem um papel ativo na sociedade e têm dado um enorme contributo para combater esta imagem negativa. Destinam-se a adultos com idade igual ou superior a 50 anos, independentemente do seu grau de escolaridade. Promovem o aumento da esperança de vida com qualidade e dignidade

A Universidade Sénior de Gondomar,( U.S.G.), foi fundada em março de 2006 por iniciativa do Presidente da Junta de S. Cosme, Dr. António Macedo e continua ainda hoje a exercer um grande papel em prol da sociedade gondomarense, agora sob a orientação e coordenação do Presidente da União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim, Dr. António Braz.

Hoje, nesta universidade, o número de disciplinas lecionadas é muito grande, para todos os gostos, graças ao altruísmo de tantos, professores e profissionais, que no seu dia-a-dia lá vão dando a sua contribuição para uma sociedade melhor e mais completa. É por isso que esta é uma Universidade Sénior de excelência e o número de alunos não pára de crescer.

A USG tem vindo a desempenhar um papel cada vez mais ativo nos idosos e na sociedade envolvente, tanto na parte lúdica como na cultural, alargando as vivências daqueles que a frequentam, fazendo-os sentir parte ativa no mundo que os rodeia. Aqui os idosos convertem-se em jovens, alargam os seus horizontes e experienciam novas ou antigas formas de vida que de outro modo não seria possível. Encontram amigos ou conhecidos que há muito estavam esquecidos nas suas memórias, conhecem outras pessoas que passam a fazer parte do núcleo das suas relações e constituem de novo uma família, desta vez mais alargada.

O início de um novo ano letivo, pós pandemia, trouxe de novo os alunos  e é bem visível a alegria nestes rostos cansados que voltam à escola num processo de rejuvenescimento.

Aqui… VIVE-SE e AMA-SE.

 

 

1 thought on “Papel da Universidade Sénior de Gondomar na Sociedade”

  1. Maria de Lourdes Pereira e Almeida

    Parabéns à USG por promover a sabedoria, a partilha e tanto momento colectivo de alegria, conhecimento e desafio. Um bem haja por todo o bem que faz para esta sociedade de “mais velhos”.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *